Praia Fluvial do Colado – Quintanilha

Praia Fluvial do Colado
A Praia Fluvial do Colado, localizada perto de Quintanilha na fronteira entre Portugal e Espanha é uma oportunidade para descansar e dar um mergulho nas águas do rio Maçãs. Aqui pode atravessar a fronteira a pé e ir ao Bar La Chanera em Espanha. Saiba a previsão do tempo para os próximos 7 dias para em Quintanilha á direita. <img src="https://aquapolis.com.pt/wp-content/uploads/2022/08/rio-macas.jpg" alt="Praia Fluvial do Colado" class="wp-image-8489"/> O enclave da “Chanera do Rio Maçãs” localiza-se na bacia do rio Maçãs sando pelas localidades de Nuez e Quintanilha. A zona encontra-se incluída dentro da Rede Natura 2000 como LIC (Lugares de Importância Comunitária), denominado “Ribeiras do Rio Maçãs e Afluentes”, estando a parte portuguesa incluída dentro do Parque Natural de Montesinho. A geomorfologia apresenta relevo acidentado, com sucessões de vales e serras, onde são frequentes os afloramentos rochosos. A aldeia vizinha El Pedroso destaca-se como a mais antiga da zona, datando da época calcolítica (século III a.C) e declarado Bem de Interesse Cultural. Praia Fluvial Quintanilha O Rio Maçãs percorre os termos de Nuez e Quintanilha, marcando a fronteira entre Aliste e Trás-os-Montes, recolhendo água dos seus ribeiros e apresentando paisagens de singular beleza. Na parte inferior da represa da Chanera encontra-se uma praia fluvial apta para banhos, áreas de recreio, bem como parques de merendas em ambas as margens do rio. Rio Maçãs A Flora caracteriza-se pela existência de pinheiros, carvalhos, castanheiros, medronheiros, freixos, giestas, urzes, estevas, rosmaninho, fetos, encontrando-se ainda algumas oliveiras e videiras nas suas encostas. A fauna está representada pelo lobo, veado, corço, javali, raposa, cegonha negra, milhafre, rã, lontra, cobra-de-escada, boga, escalo e truta. Ao longo do curso do rio Maçãs podem-se visitar moinhos de água, ainda em funcionamento. Praia Fluvial do Colado Entre terras de cultivo, muitas abandonadas, vinhas e olivais, conservam-se algumas manchas de bosque autóctones com carvalhos, azinheiras e sobreiros, e matos de medronheiros, urzes e estevas. De especial interesse é o bosque de amieiros que se conservam na envolvente do rio. No rio podem encontrar-se aves tão interessantes como a cegonha negra e o guarda-rios, a lontra, e peixes como o escalo, a boga ou o barbo, junto com répteis como a cobra de água viperina e o cágado. Nos montes circundantes partilham território os corços, javalis, lobos, texugos e doninhas.

Infraestruturas da Praia Fluvial do Colado/La Charnera

  • Bar da Praia Fluvial do Colado gerido pela APAM – Associação Protetora Amigos do Maçãs
  • WC
  • Parque de Merendas
  • Camping
  • Sombra
  • Zona Fluvial extensa
  • Pequeno Areal
  • Bastante sombra
  • Bar La Charnera com esplanada

Vídeo da Praia do Colado

Localização e acesso á Praia do Colado no Rio Maçãs

A praia Fluvial do Colado fica a cerca de 1 km do centro de Quintanilha no Rio Maçãs  na fronteira entre Portugal e Espanha. Siga em direção a Quintanilha e depois vire á esquerda em direção da placa que diz “Parque de Merendas”. depois chegará ao seu destino. As coordenadas GPS são: 41.753559, -6.559698 ou 41°45’12.8″N 6°33’34.9″W. Mapa Abaixo:

Imagens da Praia Fluvial do Colado

Praia do Colado
Praia da La Charnera
Rio Maçãs

Parque de Merendas e Campismo do Colado

Parque de Merendas do Colado
Margens do Rio maçãs
Sombra de árvores
Zona Verdejante
Zona do campismo
Zona do campismo do Colado
Parque de Merendas de Quintanilha
Bar da Praia do Colado
Bar e Parque de merendas da Praia do Colado
Sombra do Colado
Camping do Colado
Bar da Praia Fluvial do Colado
Casa de banho da Praia Fluvial do Colado
APAM

Bar La Chernera – Espanha

APAM – Associação Protetora Amigos do Maçãs

APAM - Associação Protetora Amigos do Maçãs

A Associação Protetora AMIGOS DO MAÇÃS (APAM) aparece em 1990, como valência do Grupo Recreativo e Cultural de Quintanilha. Este grupo, com uma história reportada a 1974, organizava atividades culturais, desportivas, recreativas e ambientais.

O Rio Maçãs, que passa a 500 metros da Aldeia de Quintanilha, com as suas águas límpidas e com zonas de lazer e desporto maravilhosas, levou a que um grupo de naturais da Aldeia de Quintanilha avançassem para a criação da citada Associação, a fim de se evitar que essas excelentes condições desaparecessem do Rio Maçãs.

O aumento da pesca abusiva e destruidora, o desaparecimento do “Olmo” e outros condicionalismos, contribuíram acentuadamente para a criação da Associação Protetora AMIGOS DO MAÇÃS (APAM). Foi constituída por escritura pública em Julho de 1993 e atualmente conta com 300 sócios que pagam as quotas aproximadamente.

Esta Associação tem desenvolvido as atividades de recuperação de açudes, programas culturais, desportivos, recuperação de moinhos, programas ambientais, convívios com os povos raianos (Espanha e Portugal), etc

O Rio Maçãs nasce na Sierra de la Culebra, província de Zamora (Espanha), a montante da aldeia de Manzanas.

Faz fronteira com Portugal e Espanha desde as Aldeias de Manzanas e Nuez de Aliste, Petisqueira até Outeiro e Pinelo.

Passa pelas Aldeias Portuguesas de Petisqueira, Deilão, S Julião, Quintanilha, Paradinha, Outeiro, Pinelo, Argozelo, Carção, Campo de Víboras, Santulhão, Algoso e Junqueira e nas Aldeias Espanholas por Manzanas, Nuez de Aliste, S Martinho del Pedroso, Latedo. O Rio Maçãs, é um afluente do rio Sabor.

Tagged , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.