Praia Fluvial do Castelo ou Ilha dos Amores – Fornos, Castelo de Paiva

5.00 avg. rating (96% score) - 2 votes

Praia Fluvial do CasteloA praia do Castelo ou da Ilha dos Amores como também é chamada devido a uma ilhota ali no meio é uma zona fluvial que tem várias particularidades. Uma das quais é que é uma praia fluvial de dois rios, o Douro e do Paiva, já que se encontra mesmo na foz do Rio Paiva que desagua no Rio Douro.

Outra das particularidades é que é uma praia fluvial com piscina, pois ali ao lado se encontra a piscina municipal do Castelo e por isso pode escolher ou praia com areia ou piscina.

O acesso á praia fluvial do Castelo é relativamente fácil baste seguir em direção a Castelo de Paiva e depois seguir na N222Praia do Castelo

Depois virar para baixo (tem uma placa escondida a indicar a praia fluvial) para a estrada em paralelos em direção á localidade do Castelo (daí o nome da Praia) e mais abaixo se encontra a zona fluvial e piscinas. Aqui tem as coordenas GPS e abaixo o mapa da Localização: 41.064963, -8.262744

Esta Zona fluvial é mais frequentada por jovens que gostam da prática de desportos náuticos ou mesmo para um animado acampamento em período estival, e principalmente a piscina municipal,

Piscinas Municipais do Castelo

principalmente frequentada por jovens da parte da tarde.

Relativamente ás infra-estruturas ali presentes além da Piscina Municipal do Castelo tem outras tais como:

  • Piscinas Municipais (com Vigilância) – Preço da entrada – 1€ Adultos, 0.5€ dos 5 aos 18 anos e grátis dos 0 aos 4 anos
  • Café/Bar/Restaurante com esplanada e WiFi grátis (o restaurante funciona por encomenda)
  • Cais de embarque para barcos de pequeno porteBar da praia do Castelo
  • Aluguer de Canoas e Caiaques
  • Zona de Areal com Guarda Sol
  • Água quente dos Rios. Aqui tem um senão pois com os fogos que existem na zona do Paiva acumula-se muita terra preta no fundo do Rio e ao pisar com os pés (que é fofinho) a água fica muito negra.
  • Balneários Públicos com WC e Chuveiros – Também pode usar os da piscina
  • Primeiro Socorros
  • Alguma sombra natural
  • Parque de Merendas com lona de sombra e com Churrasqueira (Barbecue)Praia Fluvial da Ilha dos Amores
  • Parque de estacionamento grátis
  • Percurso Pedestre – Ilha dos Amores
  • Desportos náuticos
  • Acampamento em período estival
  • Pode levar animais
  • Zona Fluvial não Vigiada

Aqui tem um vídeo que mostra a zona da praia do Castelo e envolvente

Imagens da Praia Fluvial do Castelo

Praia Fluvial do CasteloCanoas na Praia do CasteloZona da Marina do CasteloAreal da Praia do CasteloEntrada da Praia Fluvial do CasteloPlaca Área não VigiadaTendaEsplanada do Café da Praia e PiscinaEsplanada do Café da Praia Castelo e Piscina MunicipalInterior do Café da Praia Castelo e Piscina MunicipalWifi Grátis - AcessoBarco de MadeiraZona do Parque de MerendasBalneários PúblicosChurrasqueiraIlha dos Amores e Rio DouroParque de EstacionamentoMarina do Casteloarina do CasteloAcesso ao BarPiscina Municipal do Castelo cheia de JovensPiscina do CasteloPiscina do Castelo de manhãDia Internacional da Juventude - Entrada grátisCasas de Banho das Piscinas com ChuveirosZona Envolvente do Rio PaivaAcesso por empedradoPlaca para acesso á praia fluvial do CasteloPlaca para acesso á praia fluvial do Castelo e empedrado

Breve historial sobre a Ilha dos Amores

Na foz do Rio Paiva junto á sua confluência com o Douro, encontra-se uma ilha a que o povo chama ilha dos amores cujo valor patrimonial e ambiental é inestimável. Sempre foi acessível através de  um areal que a ligava á margem do Rio Paiva, areal esse onde se realizada a feira de São Miguel, até que a Albufeira da barragem de Crestuma/Lever submergiu permanentemente sua ligação térrea. Desde então só é acessível de barco ou canoa, o que a tornou mais atrativa.

A atracão do homem por este espaço paradisíaco já vem desde a pré-história, como provam alguns  marco arqueológicos, mas foi sobretudo nos tempos do Império Romano e ao longo da Idade Média que a sua estratégica localização sobre uma importante travessia do Douro, fizeram dela o local ideal para a instalação do primitivo Porto de Paiva.

A construção de uma torre defensiva no Sec XIIe de uma Ermida dedicada a São Pedro no Sec XV constituíram os marcos mais significativos da humanização da sua paisagem. Desde a sua redescoberta em 1998, através de escavações arqueológicas que as ruínas da Ermida de S. Pedro podem novamente ser observadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *