Praia Fluvial e Parque de Lazer de Brufe – Serra do Gerês

5.00 avg. rating (93% score) - 1 vote

O parque de Lazer de Brufe fica localizado á saída da aldeia, de quem vem da Praia Fluvial de Vilarinho das Furnas pela M531. Uma Zona fluvial e de lazer num local edílico em plena Serra do Gerês.

O parque de Lazer um uma zona de sombra com parque de Merendas feitas de pedra e também o chão em paralelos do mesmo tipo de pedra, uma churrasqueira, e uma pequena Barragem na Ribeira de Brufe, fazem deste pequeno espaço uma paragem obrigatória na sua visita pela Serra do Gerês.

Praia Fluvial de Brufe

Parque de Merendas de Brufe

Assim quando o calor aperta pode descansar e tomar um banho refrescante na Praia fluvial de Brufe e sua pequena Zona de Lazer.

Parque de Lazer de Brufe

Foi um projeto da ATAHCA (Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave) para a requalificação do espaço público de Brufe, um financiado pelo programa Leader +.

Além deste pequeno paraíso pode disfrutar dos percursos pedestres ao Redor, do Miradouro de Brufe, fazer uma visita a aldeia e deliciar-se com a comida tradicional do restaurante o Abocanhado, que além de boa comida tem uma vista deslumbrante sobre o vale.

Vídeo da Zona fluvial e de Lazer de Brufe

Localização do Parque de Lazer de Brufe

Localizado á saída da Aldeia de Brufe, de quem vem da Barragem de Vilarinho das Furnas na M531. As coordenas GPS são: 41.766790, -8.236178 ou 41°46’00.4″N 8°14’10.2″W

Imagens Praia Fluvial de Brufe

Aldeia de Brufe

A Aldeia de Brufe encontra-se na vertente da serra Amarela, e é um pequeno povoado implantado a cerca de 750 metros de altitude, numa concavidade abrigada na bordadura das veigas agrícolas e da serra.
Caracteriza-se por uma terra agreste, de encostas pedregosas, com raras chãs e algumas manchas de carvalhos. A povoação organizou-se ao longo de estreitos e sinuosos arruamentos, pavimentados com grossas lajes de granito.

Do ponto de vista arquitetónico, estamos dentro da chamada arquitetura popular portuguesa, perante exemplares de casas rurais de montanha. O tipo de casa dominante é o da casa sobradada, sendo o piso inferior destinado aos animais e às alfaias agrícolas (corte e loja) e o piso superior reservado para habitação, destacando-se a cozinha com lareira e forno para cozer o pão.

Exceptuando algumas habitações de construção recente, localizadas no lugar de Cordilhas, as casas são de excelente cantaria granítica original, arquitetónica equilibrada, com janelas pequenas e portas estreitas e cobertura em duas águas, hoje com telha de canudo, mas outrora colmadas. As estruturas dos colmeais que se identificam na serra Amarela, designadas silhar dos ursos) foram construídas pelos habitantes da aldeia para proteger a produção de mel dos ataques do urso (Ursos arctos).

Apresentam uma construção em alvenaria de granito, murada, fechada e circular, com dimensões diferenciadas. As casarotas ou cabanas-abrigo de pastores, situadas na Serra Amarela, que se conservam dispersas pelas chãs mais abrigadas, testemunham o modo extensivo de criação de gado predominantemente caprino, num sistema de organização agro-silvo-pastoril que sustenta, ainda hoje, as várias aldeias.

A paisagem serrana de Brufe apresenta uma estrutura propícia às montarias, como o fojo do lobo, cuja utilização, supostamente muito Mitiga, não é lembrada pelos habitantes das aldeias circundantes de Cutelo, Cortinhas, Brufe e Carvalheira.

Trilho das CasaRotas – Brufe

SILHAS

Os testemunhes vários períodos cronológicos encontram-se disseminados pelo território deste percursos A jusante da Sega Amarela, nas proximidades do Fojo do Lobo, Identificam-se estruturas designadas por colmeias e popularmente conhecidas de “silhas dos ursos”. Estas estruturas arcaicas foram construídas pelos habitantes da freguesia de Brufe para proteger a produção de mel. Apresentam uma construção em alvenaria de granito, murada, fechada e circular, com dimensões diferenciadas. No seu interior, os apicultores construíam cortiços ou colmeias funcionando a estrutura da silha como proteção contra os assaltos de animais selvagens, nomeadamente do urso. As Silhas em referência localizam-se em Brufe, sendo as primeiras conhecidas por silhas do Chão Velho  do Calvário seguindo-se as do Bernardo e do Gaio. Nas memórias paroquiais de 1758 lê-se a seguinte transcrição “…ao anno de  mil e seiscentos e cinquenta e hum, em hum oillailattd* SOM da terça se matara hurra destas feras, ao que tbii Mate tbm razão de eu ocoiarmente ter visto algunsortapados st) maki de quinze palmos e outros por cima de penedos t : $ desta fera destruir os cortiços das abelhas aos quais íwiriaido os ao rio nos braços e afogados alias lhe comlão o mera

FOIO DO LOBO

*4 Sãs catn ~ 19111~1 pastaiaail toe Saillera teffitallio0t montariha, tantas a ity Staguistir@lgts )-0t0_,‘J itté (ikt9val e modernas 111111111~~ agite e ceetatituiam um encti4o 111. le• 14~ighets tinham ebrigatedismente que satisfazei A paletas serram de Bade arisenta uma estrutura propícia às mo utat aspam o fedo lobo, cuja utilização, supostamente muito antiga,* is élemistada pelos ‘habitantes das aldeias circundantes dis egeli eflikieleatiaso Be e carvalheiras O fojo do loho situanse s se les S freguesia de Bruffise achignistrados

eass~ emaille, O terreno apresenta uma cobertura vegetal desiludia w matos e arbustos rasteiros, como o tojo, giestas, fatos e lhatchicease Esta construção é9 em terminologia venatória uma armadilha de caça defensivay neste caso para a captura de lobos, ntrilitioltos animai& Na compreensão do funcionamento do fojo atai.s batida do Alto do Moufigo, reallizada por homens de Váriell fraguadas que ste estend4a a toda a firdia de cumeada da 01~ ti* tufe.: para as lobos espantadas pelo barulho doa bateras e perseguidos pelos cães, a cumeada da encosta era wiasa~e de linha sem retorno, pois a sua passagem implicava a darei.* e direcção ao poço do fojo, ficando aprisionado° ô.4.e ceractarlzação, o poço com 7°80 metros de diâmetro e 2,24 ~Vos de altura conserva uma 14porta” de cujos fados aSj dois paredões° O paredão Sul possui 92 metros de ((Anntwillarto com 0$0 metros de espessura média e 1920 metros a de e, por sua vezs . o pare dão Norte tem 86 metros de issularimento orca de 120 metros de altura, que divergem o entortliai de acentuado declive, desenhando uma lintis VI. A casamata ou caso do gu_ r:,’• possui 1140 tat metros de altura, étinstitulesti p. Nr vr :ma de planta circular, de lajes de gr iin9È, destinado 4 catadores que daí disparavam contra os lobos, %i COM- j, ‘Ia de caça”3 o poço, a casamata e os ao elos em “blocos” de granito, de tamanho alvenaria Insossa, Estas estruturas são thatho significativo da actividade cinegética, também r elakepa cum a protecção do gado e, consequentemente, rafrot oali»; do pastoreio, revestindo importância para as ~ikii#44Not Os wpiploraçáo dos sspaç6s de 1110Lú ha.

Praia Fluvial da Albufeira da Queimadela - Fafe
Praia Fluvial de São Pedro, Granja e Paços - Rio Caldo - Gerês
Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.