Poços do Rio Teixeira – Piscinas Fluviais Naturais

3.67 avg. rating (75% score) - 6 votes

Poços Rio teixeiraConsiderado um dos rios mais bem conservados da Europa, o Rio Teixeira tem algumas das mais belas piscinas fluviais naturais de Portugal, denominados de “poços” na região, incluído na Rota da Água e da Pedra.

Mesmo por baixo da ponte sobre o Teixeira na fronteira entre a freguesia de Arões (distrito de Piscina Fluvial TeixeiraAveiro) e São João da Serra (distrito de Viseu) localiza-se um dos poços de grandes dimensões, apertado entre a garganta estreita esculpida na rocha pela erosão do rio nos últimos 2 milhões de anos. As Coordenadas GPS são: 40.795866, -8.256368

 

Mapa da Zona do Teixeira

A montante, na fronteira entre São Pedro do Sul e Vale de Cambra, e no desaguar da ribeira de Agualva, no Rio Teixeira, está a Cascata dos Dois Rios, que se pode aceder a partir do F13, seguindo o caminho do Cercal para a Mini Hídrica do Teixeira.

No caminho de Paraduça, mesmo ao lado da ponte sobre o Rio Paraduça, está mais um magnifico Poço com água de reflexos azul celeste. As Coordenadas GPS são: 40.806997, -8.271160

Biodiversidade do Rio Teixeira

A biodiversidade dos vário poços do rio Teixeira é surpreendente e, pela sua escassez e originalidade, merece maior destaque o adernal que, numa extensão de cerca de 3 km, tem um coberto quase contínuo desta formação reliquial dos bosques subtropicais que outrora cobriram a região. Refugiados no vale encaixado do Teixeira podemos encontrar aderno, murta, medronheiro, azevinho, aderno-de-folhas-estreitas, sanguinho-das-sebes, loureiro, folhado, hipericão-do-gerês e, ocasionalmente, feto-vaqueiro.

Adernal da Ribeira de Paraduça

Entre os invertebrados, destaque para a macrómia (libélula protegida) e para a borboleta-do-medronheiro (a maior borboleta de Portugal). No rio, é fácil observar o irrequieto melro-de-água e, nas margens, a trepadeira-azul e o pica-pau-malhado-grande fazem ouvir o seu cantar. A açucena-brava, planta rara habitual da montanha encontra, mais a jusante, um dos únicos habitats favoráveis na região.

Caminho Pedestre de Paraduça

O caminho de Paraduça ligava a aldeia de Paraduça a São João da Serra, atravessando montes, vales e fronteiras para estabelecer relações comerciais entre estas aldeias que partilham entre si o rio Teixeira. Ainda hoje se diz que era por esse caminho que, em tempos idos, se levava a vaca ao boi. Hoje o caminho quase não se faz, mas guarda nas suas pedras memórias antigas e dá-nos uma vista sem par sobre o vale do rio Teixeira

Imagens dos Poços ou Piscinas Fluviais Naturais do Rio Teixeira

Mapa da Zona do Rio TeixeiraRota da Água e da PedraPoços do Rio TeixeiraPoço de ParaduçaAdernal da Ribeira de ParaduçaPoço do Rio TeixeiraPiscina natural do Rio TeixeiraPoço NaturalCaminho Paraduça, São João Serra

Imagens da Biodiversidade do Rio Teixeira

Trepadeira AzulMelro de àguaPica Pau malhado Grande

Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Poços do Rio Teixeira – Piscinas Fluviais Naturais

  1. Ana Paula Tavares says:

    Bom dia,
    Podia me dizer a precisamente a que cidade pertence o rio Teixeira?
    Necessitava de ver no mapa o itenerário para ir passar o Domingo, pois sou de Oliveira de Azemeis.

    Obrigado,
    Ana Paula Tavares

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *